Artigo: A vez das Bicicletas?

Foi publicado, no mês de março, na Revista Minha Cidade, do Portal Vitruvius, o artigo intitulado “A Vez das Bicicletas?” de minha autoria, com a coautoria do professor Mauro Normando Macêdo Barros Filho, da Universidade Federal de Campina Grande. Neste texto, contextualizamos a mobilidade por bicicleta durante a pandemia do Covid-19. A partir de dados estatísticos, publicações e notícias recentes, elencamos os principais os potenciais, limitações e desafios para que a bicicleta se consolide no planejamento dos transportes urbanos.

Para acessar o artigo, clique no link abaixo:

https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/21.248/8039

Acessibilidade e Mobilidade Urbana: Escalas de Análise

Considerando que os fluxos e deslocamentos humano são os principais elementos estruturadores da cidade (VILLAÇA, 2001), a acessibilidade e mobilidade urbana são peças fundamentais para o planejamento urbano. Assim, entender seus conceitos e escalas são etapas necessárias para entender e planejar o espaço urbano. Este post traz alguns apontamentos sobre os conceitos de acessibilidade, mobilidade urbana e alguns parâmetros e escalas de análise.

Continue Lendo “Acessibilidade e Mobilidade Urbana: Escalas de Análise”

Mobilidade Urbana Ativa: 7 Benefícios para as Cidades

No Século XXI viu-se uma mudança de paradigma no que diz respeito às formas de deslocamento na cidade. O automóvel, tido por muitas décadas como única solução de mobilidade urbana, passou a ser substituído por alternativas ditas mais sustentáveis. Nesse rol de opções, a mobilidade urbana não motorizada, compreendida pelo andar a pé e de bicicleta, ocupa posição importante nas pesquisas e ações no planejamento dos transportes urbanos, como também um dos itens principais norteadores da Política Nacional de Mobilidade Urbana. Continue Lendo “Mobilidade Urbana Ativa: 7 Benefícios para as Cidades”